12 de out de 2017

MEMBRO ATÉ O FIM DO ANO ESTADOS UNIDOS ANUNCIAM DECISÃO DE SE RETIRAR DA UNESCO GOVERNO TRUMP ACUSA ORGANISMO DE PERPETUAR VIÉS ANTI-ISRAEL

Os Estados Unidos anunciaram a saída da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), nesta quarta (12). O país continuará membro da organização só até o fim deste ano.
A justificativa, dada pelo Departamento de Estado dos EUA, é de que o país pretende estabelecer uma missão permanente de observadores no organismo. Em um comunicado, o departamento afirmou ainda que decisão reflete as preocupações dos EUA e o fato do organismo continuar com o viés anti-Israel.
A diretora-geral da Unesco, Irina Bokova, lamentou a saída do país da Unesco pelo Twitter após receber o aviso oficial do secretário de Estado, Rex Tillerson. Bokova afirmou que a decisão representa uma perda para o multilateralismo e para a "família das Nações Unidas".
“No momento em que a luta contra o extremismo violento exige um renovado investimento na educação, no diálogo entre as culturas para evitar o ódio, é profundamente lamentável que os Estados Unidos se retirem da agência das Nações Unidas que lidera essas questões”, disse a diretora-geral em comunicado oficial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário