16 de nov de 2017

pergunta: quando é que a PF vem fazer no Ceará? Operação da PF desmonta grupo criminoso que desviou dinheiro público no Maranhão

OBS: do blog pergunta: quando é que a PF vem fazer no Ceará?
Da Agência Brasil
A Polícia Federal  (PF) deflagrou nesta manhã a 5ª fase da Operação Sermão aos Peixes, chamada de Pegadores, que apura indícios de desvio de recursos públicos federais, em contratos de gestão e termos de parceria entre o governo do Maranhão e organizações do terceiro setor.
Os policiais federais cumprem 45 mandados judiciais expedidos pela juíza Federal Paula Souza Moraes, da 1ª Vara Criminal Federal no Maranhão. São 17 de prisão temporária e 28 de busca e apreensão. As ações ocorrem nas cidades maranhenses de São Luís, Imperatriz e Amarante; e em Teresina, no Piauí.
A juíza federal Paula Souza Moraes determinou também o sequestro de bens dos suspeitos no valor de mais R$ 18 milhões. As prisões foram determinadas contra servidores da Secretaria de Estado da Saúde, diretores, tesoureiros e administradores das organizações sociais, empresários de empresas de fachada e pessoas responsáveis pelo pagamento de propina a servidores públicos.
Operação Sermão aos Peixes
De acordo com a PF, durante as investigações da Operação Sermão aos Peixes, deflagrada a partir de inquérito policial aberto em julho de 2015, foram levantados indícios de que servidores públicos, que exerciam funções de comando na Secretaria de Estado da Saúde, “tinham montado um esquema de desvio de verbas e fraudes na contratação e pagamento de pessoal”.
As investigações constataram que os beneficiários do esquema eram pessoas indicadas por agentes políticos: parentes, correligionários de partidos políticos, namoradas e companheiras de gestores públicos e de diretores das organizações sociais. “Foram encontrados indícios da existência de cerca de 400 pessoas que teriam sido incluídas indevidamente nas folhas de pagamentos dos hospitais estaduais, sem que prestassem qualquer tipo de serviços às unidades hospitalares”.
O montante dos recursos públicos federais desviados passa de R$ 18,3 milhões. Mas pode aumentar, pois as investigações buscam comprovar que um crime continuou a ocorrer este ano, mesmo após a deflagração de outras fases da Operação Sermão aos Peixes, diz a PF, em nota.
O nome da operação é referência a um trecho do sermão do Padre Antônio Vieira (1654), que ficou conhecido como o Sermão aos Peixes, no qual o padre toma vários peixes como símbolo dos vícios e corrupção da sociedade. Um dos peixes ele chamou de Pegador, que vive na dependência dos peixes grandes, numa correlação aos vícios do oportunismo.
Edição: Maria Claudia

LOTERIA DE APOSENTADO STF JULGA SE TETO CONSTITUCIONAL VALE PARA ‘PECÚNIA’ SUPREMO DECIDE SE 'LOTERIA' DE SERVIDOR SE SUJEITA AO TETO

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgará uma ação na qual tem interesse: a aplicação do limite (teto) constitucional a pagamentos de licenças-prêmio transformadas em dinheiro no ato de aposentadoria. São as famosas “pecúnias’. A ação no STF foi proposta pelo Estado de São Paulo, que recorre de decisão do Tribunal de Justiça, cujos juízes decidiram não aplicar o teto na “pecúnia” de servidores estaduais. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Ao contrário do setor privado, a cada 5 anos o servidor tem férias de 3 meses, mas opta por recebê-las em dinheiro quando se aposenta.
Totaliza inacreditáveis R$298 milhões a conta de “pecúnias” devidas a 3,2 mil servidores do governo do DF que se aposentaram em 2017.
Um agente fiscal de rendas da Secretaria de Fazenda de São Paulo ajuizou ação para excluir a pecúnia do limite constitucional.

15 de nov de 2017

Os Damistas de Sobral, fizeram um torneio 15 de novembro para homenagear o Saudoso damista Antonio Martins (Babaçu) os familiares fizeram-se presentes, também quem prestigiou o evento foi o vereador Adauto Arruda.



Os damistas de Sobral, fizeram o torneio 15 de novembro, para homenagear o Saudoso damista Antônio Martins (Babaçu), que morreu semana passada de um acidente.
Vários damistas de Sobral , fizeram-se presentes ao evento, os familiares do Antônio Martins estavam presentes para receberem as honras que foram feito pelos presentes, entre eles o Vereador Adauto Arruda que também participou desta homenagem. A família ficou emocionada na hora das palavras de pessoas que relatavam sua amizade com o Babaçu. 

O torneio teve presentes 13 jogadores, no final o Jogador Caitano ficou com o Primeiro Lugar, depois Alex, Evaldo, Manuel e Moises Arruda. os cinco que foram agraciados com troféus e madalas de hora ao mérito. 




GRANA VAI E VOLTA MULTAS PARA LULA E BOLSONARO TERIAM CONSEQUÊNCIA ZERO DINHEIRO DE MULTAS POR CAMPANHA ILEGAL VOLTA PARA PARTIDOS

Mesmo que sejam condenados por campanha eleitoral antecipada, o ex-presidente Lula e o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) pagariam, no máximo, R$ 25 mil de multa. O pior é que essas multas são cobradas e depois distribuídas aos próprios partidos políticos na proporção do Fundo Partidário. Este ano, por exemplo, o Tribunal Superior Eleitoral distribuiu mais de R$55,8 milhões de multas eleitorais entre os partidos. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Tanto no caso de Lula, quanto de Bolsonaro, a acusação se refere à divulgação na internet de vídeos que mencionam as candidaturas.
Para o Ministério Público Eleitoral (MPE), tanto o petista, quanto o ex-militar fazem referência às candidaturas deles a presidente em 2018.
A legislação permite a propaganda somente a partir de 15 de agosto do ano da eleição e prevê multa de R$ 5 mil a R$ 25 mil.

Plano de Caduquice do mal a vista! CONTRA REGALIAS TEMER DECIDE COMPRAR BRIGA CONTRA PRIVILEGIADOS POR REFORMA, TEMER QUER ACABAR REGALIAS NO SERVIÇO PÚBLICO

OBS: do blog: O povo Brasileiro entende que isso é uma Caduquice do Mal!  Esse plano é só para os servidores que trabalham!


Após sobreviver a duas graves denúncias da Procuradoria Geral da República, o presidente Michel Temer adquiriu uma autoconfiança que espanta até os velhos amigos habituados com sua conhecida cautela diante das grandes decisões: vai levar adiante a Reforma da Previdência para implantar um sistema de aposentadorias igual para trabalhadores públicos e privados. Ele sabe a magnitude da briga que vai comprar com a elite do serviço público beneficiária do sistema atual. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
A guerra aos privilégios afetará áreas que podem causar problemas sem fim a Temer: Justiça, Ministério Público e Forças Armadas.
No Brasil, 1 milhão aposentados do setor público custam mais (R$ 164 bilhões) que 30 milhões de aposentados do setor privado (R$ 150 bi).
A campanha de esclarecimentos sobre a reforma da Previdência, em gestação, usa a expressão “chega de privilégios” como mote.
No setor público, as aposentadorias são integrais e há servidores que contam ainda com uma loteria ao deixar o serviço ativo: a “pecúnia”.

ÁFRICA DITADOR DO ZIMBÁBUE PREPARA RENÚNCIA APÓS INTERVENÇÃO MILITAR DITADOR DO ZIMBÁBUE ERA O PRESIDENTE MAIS LONGEVO DO MUNDO

O ditador do Zimbábue, Robert Mugabe, no poder desde 1980, está preparando a renúncia enquanto negocia para que sua mulher Grace saia do país, diante da intervenção militar que alimenta os rumores de um possível golpe de Estado, informou nesta quarta-feira (15) a emissora de televisão sul-africana News24.
Segundo o canal, que antecipa que amanhã (16) à tarde será feito um anúncio a respeito do assunto, o Exército mantém a família presidencial e toda a guarda sob custódia. Os rumores sobre o paradeiro de Mugabe e o seu futuro dispararam nas últimas horas, depois que ontem à tarde vários tanques foram vistos se dirigindo à capital do país, Harare.
O movimento ocorre apenas um dia depois que o chefe das Forças Armadas, Constantine Chiwenga, advertiu que "medidas corretivas" seriam tomadas se prosseguisse o expurgo de veteranos no partido de Mugabe, de 93 anos, e no poder desde 1980.
Por enquanto, alguns meios de comunicação afirmam que Mugabe e sua família se encontram sob prisão domiciliar, enquanto outras informações indicam que teria fugido do país.
As especulações contrastam com o silêncio do principal jornal do regime, que se limitou a destacar que o comunicado lido por um porta-voz militar ontem à noite na televisão pública - controlada agora pelo Exército - descarta uma "tomada militar" do governo e assegura que Mugabe se encontra "a salvo".
Enquanto isso, o jornal independente NewsDay informou hoje que foram detidos três ministros que estariam por trás da facção do partido governante, que defende a expulsão de veteranos da guerra de independência para abrir caminho a uma eventual substituição no poder a favor da primeira-dama, Grace Mugabe.
Além disso, o presidente da juventude do partido de Mugabe, a União Nacional Africana de Zimbábue-Frente Patriótica (Zanu-PF), e o número 2 dos serviços de inteligência também foram detidos, enquanto outras informações asseguram que o diretor da polícia também poderia ter sido preso pelos militares.
No centro da tensão se encontra a destituição, na semana passada, do vice-presidente Emmerson Mnangagwa, que também se postulava como sucessor de Mugabe e que fugiu para a África do Sul, de onde emitiu comunicado. "Em breve, controlaremos as molas do poder nos nossos belos partido e país", afirma. (ABr)

HABEAS CORPUS JUSTIÇA SOLTA PUCCINELLI UM DIA APÓS SUA PRISÃO NO MATO GROSSO DO SUL EX-GOVERNADOR FOI PRESO NESTA TERÇA NA OPERAÇÃO LAMA ASFÁLTICA

Quando é que ajustiça vai valer para corrupto? essa é uma pergunta do povo que não quer calar.

O desembargador Paulo Fontes, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), concedeu hoje (15) um habeas corpus, em caráter liminar (decisão provisória), para soltar o ex-governador de Mato Grosso do Sul André Puccinelli, preso preventivamente na manhã de terça-feira (14) pela Polícia Federal (PF) na quinta fase da Operação Lama Asfáltica, denominada Papiro de Lama.
O filho do ex-governador, André Puccinelli Júnior, também foi libertado. Segundo as investigações, ele e o pai, que comandou o executivo de Mato Grosso do Sul entre 2006 e 2014, chefiaram por quase 10 anos um esquema de corrupção responsável por mais de R$ 235 milhões em prejuízo aos cofres do estado.
Além da prisão dos dois, a PF cumpriu outras 26 ordens judiciais, sendo duas de prisão temporária e 24 de busca e apreensão. Os mandados foram cumpridos em quatro cidades, entre elas Campo Grande e São Paulo.
André Puccinelli e André Pucinelli Júnior encontram-se no Complexo Penitenciário de Campo Grande e aguardam do cumprimento do habeas corpus. Os terão que devolver cerca de R$ 22 milhões aos cofres públicos.
O nome da operação deflagrada nesta terça-feira, a Papiro de Lama, decorre de uma das formas da organização criminosa desviar recursos públicos por meio da compra fraudulenta de livros jurídicos, sem justificativa plausível, por uma concessionária de serviços públicos.
Essa foi apenas uma das formas de atuação do grupo criminoso. Segundo a PF, a Controladoria-Geral da União no MS e a Receita Federal, órgãos que atuam de forma conjunta nas investigações, o grupo criminoso agia de diversas maneiras para desviar recursos públicos, entre elas a fraude em obras públicas, como a construção e reforma de estradas.